Enfim as alcachofras…

Todos os anos na primavera, a mesma coisa: alcachofras lindas e eu desviando delas. Meu drama com os espinhos da alcachofra é de longa data. Por um monte de motivos nunca consegui fazer uma que fosse suficientemente séria, até para saber se eu gosto ou não delas. De uns tempos pra cá havia desistido, me confortando com a frase: não sei preparar, não adianta!

Na sexta-feira a cena se repetiu. Elas estavam lindas, olhando pra mim. Dessa vez eu não resisti e trouxe. Pois bem, hoje elas completariam cinco dias de geladeira. Aí não aguentei. Catei alguns livros. Li em detalhes várias receitas e modos de preparar. Escolhi uma receita do Jamie Oliver, por ele dizer: “essa receita é excelente para quem vai fazer pela primeira vez.” Era tudo o que precisava ler.

Fotografei as belezuras e mãos à obra. Primeiro cortar o talo e tirar as pétalas externas. Em seguida cortar a ponta da flor. Eu diria que um pouco abaixo da metade.  Pois bem, aqui se chega aos espinhos. Para não ter dúvida, cortei a flor ao meio e com uma faca pequena tirei tudo, finalizei com uma colher. Como ela escurece muito rápido, coloquei água com limão ao lado e ia passando ali, vez em quando.

Limpas as alcachofras, coloquei azeite numa panela com um dente de alho picado e refoguei, em seguida entrei com os fundos de alcachofra, sal, pimenta moída na hora e deixei ali refogando um minutinho. O próximo ingrediente foi o suco de meio limão. Deixei evaporar  e coloquei o jerez (uma adaptação na receita original que pedia vinho branco e eu não tinha). Coloquei mais ou menos meio copo e fechei a panela. Cozinhou por 10min. Tudo em fogo brando.  O cheiro foi ficando muito bom. Passado o tempo elas estavam cozidas e cheirosas, finalizei com uma colher (bem rasa) de manteiga e um pouquinho mais de pimenta. Desliguei o fogo e deixei descansar um minuto.

Em seguida servi, provei e descobri: eu adoro alcachofras! Comprarei outras e farei outras receitas. É bem verdade que daquela flor enorme uma boa parte se perde, mas um fundo de alcachofra vale a pena. A foto dela cozida deixou a desejar, não sei se eu estava muito ansiosa para provar ou se é difícil mesmo de deixá-la bonita. A combinação do limão com o jerez funcionou o os sabores harmonizaram com o frango e o spaghetti que vieram a seguir.

Anúncios
Esse post foi publicado em Comidinhas e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s