Filet com champignon ao porto

Com um bom pedaço de filet e alguns ingredientes dá para fazer coisas fantásticas. Como este filet que ganhou um molho de champignon e vinho do porto.

A carne foi cortada alta formando praticamente um cubo de mignon. Manteiga na frigideira e  carne sendo virada cuidadosamente com uma pinça (jamais use garfo, que fura a carne e deixa vazar seu suco!) em todos os lados. Lembre que filet bem passado não existe, o seu interior deve ficar rosado e macio. Se passar mais você vai “degustar” um monte de fibras sem gosto, já que o suco, com seus sais que retém o sabor terá sido expulso do bife. Tempero apenas com sal, sobre as partes já tostadas.

O molho

Numa panela coloquei uma colher de manteiga e um pouco de azeite. Ali entre uma cebola pequena cortada grosseiramente e pedaços de carne (no caso usei as aparas do filet). Com a cebola e a carne tostados, acrescentei uma colher generosa de farinha de trigo e deixei tostar (fica uma papa grossa). Aos poucos acrescento água para diluir até obter um caldo grosso. Acrescentei sal e grãos inteiros de pimenta do reino (usei preta, rosa e branca) e deixei cozinhar como um caldo que deve ficar bem espesso. Se precisar use mais farinha.

Na frigideira onde fritei os bifes coloquei um pouco de manteiga e azeite e uma porção farta de cogumelos paris, os famosos champignons, frescos e fatiados. Dá para usar cogumelos em conserva? Dá, mas não fica a mesma coisa. Salteei os cogumelos ligeiramente para que tostassem um pouco dos dois lados e acrescentei uma concha coada do caldo já cozido por pelo menos 30 minutos.

O toque de Midas no molho é meio cálice de vinho do porto. Se a gente deixa apurar um pouco este molho acontece duas coisas extraordinárias: os cogumelos absorvem fortemente o sabor do vinho, e o molho, pela presença da manteiga ganha uma textura aveludada, ilustrada pelo tom rubi que vem do vinho.

Servimos apenas com rodelas de batatas assadas com alecrim.

Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Filet com champignon ao porto

  1. Juliana rocha disse:

    Gosteimuito das receitas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s