Sanduíche de ciabatta com filet e chá gelado

Sanduíche é sempre uma coisa interessante. Mas precisa atender alguns requisitos “técnicos”, como possibilitar que seja comido sem talheres, com as mãos, sem que se desmanche e transforme o lanche numa enorme lambança. Por isso não pode ser tão alto que não se possa mordê-lo, nem tão macio que se desfaça.

Há que haver um equilíbrio de texturas: pão macio (pão de forma, ciabatta) exige recheio macio, pão mais firme (francês, italiano) pede recheio mais estruturado. Rechear um pão italiano devidamente cascudo com uma pasta cremosa vai fazer com que o recheio espirre para fora quando a mandíbula fizer pressão no pão. Esta mecânica é importante para harmonizar o pão e o recheio.

O nosso sanduíche

O sanduíche que fizemos numa noite de segunda-feira foi feito em pão ciabatta de uma boa padaria. O pão foi aberto na longitudinal e recebeu na parte de baixo uma camada fina de creme composto com maionese, ketchup e molho inglês. A parte de cima foi besuntada com mostarda amarela. Na parte de baixo ajeitamos fartamente fatias muito finas de filet mignon (na verdade fatiamos um pedaço grande que restou do almoço). É importante que sejam finas porque o ciabatta é um pão macio e a carne precisa ser “cortada” com os dentes.

Sobre a carne fatias generosas de queijo prato e, sobre ele rodelas também finas de tomates ligeiramente temperados com sal e tomilho seco. Isso foi para o forno só com o gratinador ligado e apenas o tempo suficiente para amolecer o queijo.

Antes de fechar o sanduíche acrescentamos alface em tirinhas (que murcharia no forno).

Um chá especial para acompanhar

O sanduba foi acompanhado por chá gelado, que é uma espécie de instituição familiar. Dois saquinhos de chá preto foram para infusão em uma xícara de água quente até ficar um chá muito forte. O chá resultante foi para um litro e água gelada e a mistura “temperada” com o suco de meio limão comum (verde) e de um limão siciliano. Acrescentou-se algumas gotas de stévia para adoçar e rodelas de limão siciliano para o toque final.

Harmonização do chá com o sanduíche ficou dez.

Anúncios
Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sanduíche de ciabatta com filet e chá gelado

  1. Fátima Silva disse:

    Sanduíche tem ciência!!! Adorei os requisitos técnicos. Beijo, queridos Sonininha e Gastão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s