Spaghetti à parisiense

É incontável o número de vezes que eu pedi um Spaghetti à Parisiense em restaurantes. Acho uma combinação de ingredientes harmoniosa az ponto de tornar a receita um clássico dos melhores restaurantes de massas. Claro que cada um tem sua versão e eu também desenvolvi a minha.

Molho bechamel

Primeiro fazemos um molho bechamel, o tradicional molho branco:

Numa panela, sobre uma base de manteiga e azeite de oliva, refogo meia cebola picada, mas não deixo que doure, só amoleça. Depois retiro do fogo e coloco duas colheres de sopa e farinha de trigo. De volta ao fogo, cebola e farinha vão formar grumos que a gente deixa aquecer um pouco. Novamente fora do fogo colocamos leite, algo em torno de meio litro, dependendo do desejo de um molho mais ou menos líquido. Mexe-se com cuidado para desmanchar os grumos e volta-se ao fogo até que levante fervura e, em fogo bem baixo, deixa-se cozinhar um pouco.

Neste ponto trituro o molho com um mixer (pode-se usar liquidificador) não apenas para desmanchar a cebola, mas para atingir uma textura aveludada. Quem não quiser triturar o molho pode usar cebola ralada ao invés de picada. Não haverá diferença de sabor.

O molho branco tempero com sal, pimenta moída e um toque de nós moscada, de preferência raladinha na hora.

Refogado de frango

Em uma frigideira de borda alta (ou numa panela mesmo) refogo um frango pré-cozido e desfiado para que fique douradinho. Quando ele ganhar cor junto um copo de cogumelos (recomendo champignon fresco, mas se for de conserva também vale) e meio copo de ervilhas (uso sempre as congeladas, que têm mais sabor) e quatro fatias de presunto cortado em tirinhas. Este refogado é temperado com sal e pimenta.

Por fim junto o molho branco e deixo apurar um pouco, enquanto a massa cozinha.

Montagem

Coloco um pouco de molho (mais a parte líquida) no fundo de uma travessa refratária, somo a massa cozida al dente e espalho o resto do molho por cima. Por cima de tudo uma porção robusta de queijo parmesão ralado.

A travessa vai para o forno (de preferência só o gratinador) até que o parmesão se transforme naquela sensacional casquinha crocante e cheirosa.

Sucesso garantido, apesar de um pouco trabalhoso.

Anúncios
Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Spaghetti à parisiense

  1. ivone disse:

    gostei e vou experimentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s