Costelinhas assadas e massa com pesto e tomates

Costelinhas de porco são sempre uma boa pedida. E ganham brilho especial se forem acompanhadas de uma pasta com um molho cheio de personalidade. Tudo deve ser muito harmônico e seguir a velha lógica do “menos é mais”.

As costelinhas foram temperadas com sal, uma mistura de pimenta e erva doce (socadas num pilão), molho shoyu, um pouco de cachaça e suco de um limão. Depois de marinar por alguns minutos foram para o forno bem quente de onde saíram prontinhas 40 minutos depois.

Para a massa preparamos um pesto tradicional. Socamos com pilão de almofariz folhas de um ramo grande de manjericão, quatro nozes pecã, três castanhas do Pará, pimenta e sal. O azeite de oliva vai entrando aos poucos, conforme os ingredientes vão sendo macerados e soltando seus óleos, sabores e perfumes. É trabalho lento e recompensador. A quantidade de azeite depende do gosto por um molho mais ou menos líquido. No final se acrescenta queijo parmesão ralado na quantidade que equilibre com a textura desejada.

Enquanto a massa (usamos spaghetti) cozinhava misturamos o pesto com mini-tomates vermelhos e amarelos. Ao final, apenas juntamos o pesto e os tomates à massa.

Nas combinação do prato o sabor predominante é do pesto. A carne traz sua força e os tomates se encarregam de dar frescor ao conjunto. Harmonia total e prazer intenso.

Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s