Sardinha na chapa e arroz com tomate e palmito

Alto valor nutricional, baixo custo e sabor extraordinário. Claro que estamos falando de sardinha, o peixinho que é uma usina de ômega três e que se presta a muitos preparos rápidos e saborosos.

Consegui numa peixaria algumas sardinhas limpas e abertas, como filets. Sua carne é levemente avermelhada. Deixei-as em uma marinada com azeite de oliva, suco de limão, sal, pimenta moída e alho por uns 20 minutos e parti para grelha-las.

Na frigideira antiaderente muito quente coloquei as sardinhas de duas em duas. Dois minutos com o couro para baixo e mais um minuto depois de virar. Pronto. Rápido assim mesmo. Mais do que isto deixaria a carne muito seca.

Arroz com tomate e palmito

O acompanhamento também primou pela simplicidade no preparo. Piquei meia cebola e um tomate e refoguei numa frigideira com azeite de oliva. Primeiro a cebola e depois o tomate. Foi junto um dente de alho. Quando começou a ganhar consistência de molho espesso juntei uma boa porção de palmitos picados e fiz as correções de sal e pimenta moída na hora.

Com o refogado já fora do fogo adicionei folhinhas de manjericão picadas e uma xícara de arroz previamente preparado. Bingo!

Para servir regue tudo com azeite de oliva de boa qualidade que os sabores vão se multiplicar.

Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s