Risoto de presunto parma, queijo brie e rúcula

Risoto

O mais fascinante dos risotos é a possibilidade de fazê-lo com uma combinação infinita de ingredientes. Pode-se variar deste o tipo de arroz, o sabor do caldo, os ingredientes que darão nome a ele e até mesmo o tipo de queijo que se vai usar. Neste caso fizemos uma variação com presunto parma e queijo brie, além de folhinhas de rúcula que fizeram toda a diferença.

Para começar preparamos um encorpado caldo de carne (veja aqui a receita básica de caldos) e assim que ele estava pronto começamos a preparação. Usamos desta vez o arroz carnarolli, mas poderia ter sido o arbório ou outro adequado para risotos. Nas panela antiaderente colocamos uma colher bem cheia de manteiga e um fio de azeite, e ali refogamos meia cebola grande, cortada em cubos bem pequenos. A cebola não deve dourar, apenas ficar transparente. Aí entra o arroz, numa proporção de 100g por pessoa (eram três no nosso caso), que também refoga até começar a ficar transparente.

Risoto

A primeira hidratação do arroz se faz com vinho branco seco, em quantidade que cubra o arroz. E aí começamos a mexer sem parar, adicionando caldo cada vez que vai secando. A operação de adição de caldo e mexida do arroz leva cerca de 20 minutos, quando o arroz deve estar al dente. Este procedimento é essencial para que o risoto tenha o seu ponto certo, para que fique com a textura aveludada. Ao mexer e adicionar o líquido aos poucos, favorecemos que o arroz libere seu amido, que vai nos oferecer a textura desejada. Por isso devemos sempre servir o risoto bem molhado e logo que concluir sua preparação, para que o amido não esfrie e vire um grude.

Quando entramos com a última concha de caldo, desligamos o fogo e adicionamos uma xícara de presunto parma picado (não muito pequeno), uma colher de manteiga, 150g de queijo brie picado e mexemos até a manteiga e o queijo derreterem. Por fim, imediatamente antes de servir, misturamos a rúcula, em quantidade a gosto.

A combinação é muito delicada. Tem na força do presunto e a textura leve do brie, tudo contrastando com o macio do arroz e o leve amargo da rúcula. Um show de sabores.

Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Risoto de presunto parma, queijo brie e rúcula

  1. Que aspecto delicioso🙂 Gostei imenso! uma boa sugestão para um jantar de s.valentim!
    Beijinhos

  2. Elizabeth Kataoka disse:

    Qual seria um bom acompanhamento para este risoto:

    • Gastão Cassel disse:

      Elizabeth, acho que este risoto tem tudo que precisa para ser um prato único. Tem sabor, texturas e nutrientes interessantes. Mas pode ser precedido de uma boa salada e, se achares mesmo necessário um acompanhamento, sugiro uma carne assada ou grelhada, ou até mesmo um frango empanado, só para brincar com a textura crocante em contraste com a cremosidade do risoto.
      Obrigado pela sua visita!
      Abçs

  3. juliephilippe disse:

    Oi Gastão!
    Parabéns pelo blog. É bem escrito e muito apetitoso. Adoro!
    Queria saber se este risoto precisa de sal ou se o sal do presunto cru compensa o sabor.
    Beijo e obrigada!

    • Gastão Cassel disse:

      Oi Julie, obrigado pela visita. Em risotos, normalmente o sal vai no caldo e, ao fim, se faz uma avaliação se precisa mais ou não. Mas o sal no presunto não influencia muito, não.

      • juliephilippe disse:

        Obrigada, Gastão! Mais uma vez, parabéns. Meu namorado e eu adoramos testar as receitas de vocês em casa.
        Beijão e uma ótima semana pra vocês!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s