Carré de cordeiro grelhado

Cordeiro

O carré de cordeiro é uma iguaria. A carne tem textura delicada, um sabor intenso e aparência cativante. E não precisa de nenhum preparo extravagante para se transformar numa bela refeição.

Cordeiro

Comprei um carré inteiro, cerca de um quilo e meio e dividi para usar em duas refeições.  Uma metade temperei. Deixei numa marinada de um dia para o outro, mas nem precisava tanto. Optei por temperos de referência indiana: um pouco de curry, naga masala, cominho, menta desidratada, pimenta moída, folhas de hortelã frescas, sal e azeite de oliva. Se não tiver estes temperos, use os de sua preferência, só não recomendo abrir mão da hortelã.

O preparo é uma facilidade. Numa frigideira muito quente coloquei pedaços de carne para selar dos dois lados (coisa de um minuto cada lado). E depois leva-se ao forno por uns 15 a 20 minutos para completar o cozimento. Deixei bem mal passada e aí tirei do forno, cortei em pedaços de dois ossinhos e voltei à frigideira para selar os cortes. Claro que esta última parte é opcional, poderia-se simplesmente deixar mais tempo no forno.

CordeiroPara acompanhar preparamos um arroz com alguns temperos, só para dar uma substância a mais. Na própria frigideira em que selamos a carne (para aproveitar o gostinho que ficou no fundo) refogamos rapidamente meia cebola roxa, um dente de alho, uma cenoura pequena em cubinhos, um pouco de pimentões (verde, vermelho e amarelo) cortados miúdos e logo juntamos arroz já cozido. Misturamos e juntamos, no final, um tomate picadinho sem sementes e um bom punhado de salsinha. Tudo foi temperado só com sal e pimenta.

A carne ficou suculenta como deve e a companhia do arroz temperado deu o toque que faltava para uma refeição deliciosa.

Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Carré de cordeiro grelhado

  1. Pricila disse:

    Olá!
    Onde posso encontrar um bom carré de cordeiro em Florianópolis?
    Obrigada!

    • Gastão Cassel disse:

      Pricila, eu costumo encontrar na Botique da Carne (na Madre Benvenuta) ou no açougue mercado público.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s