Carré de cordeiro grelhado

Cordeiro

O carré de cordeiro é uma iguaria. A carne tem textura delicada, um sabor intenso e aparência cativante. E não precisa de nenhum preparo extravagante para se transformar numa bela refeição.

Cordeiro

Comprei um carré inteiro, cerca de um quilo e meio e dividi para usar em duas refeições.  Uma metade temperei. Deixei numa marinada de um dia para o outro, mas nem precisava tanto. Optei por temperos de referência indiana: um pouco de curry, naga masala, cominho, menta desidratada, pimenta moída, folhas de hortelã frescas, sal e azeite de oliva. Se não tiver estes temperos, use os de sua preferência, só não recomendo abrir mão da hortelã.

O preparo é uma facilidade. Numa frigideira muito quente coloquei pedaços de carne para selar dos dois lados (coisa de um minuto cada lado). E depois leva-se ao forno por uns 15 a 20 minutos para completar o cozimento. Deixei bem mal passada e aí tirei do forno, cortei em pedaços de dois ossinhos e voltei à frigideira para selar os cortes. Claro que esta última parte é opcional, poderia-se simplesmente deixar mais tempo no forno.

CordeiroPara acompanhar preparamos um arroz com alguns temperos, só para dar uma substância a mais. Na própria frigideira em que selamos a carne (para aproveitar o gostinho que ficou no fundo) refogamos rapidamente meia cebola roxa, um dente de alho, uma cenoura pequena em cubinhos, um pouco de pimentões (verde, vermelho e amarelo) cortados miúdos e logo juntamos arroz já cozido. Misturamos e juntamos, no final, um tomate picadinho sem sementes e um bom punhado de salsinha. Tudo foi temperado só com sal e pimenta.

A carne ficou suculenta como deve e a companhia do arroz temperado deu o toque que faltava para uma refeição deliciosa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Comidinhas, Receitas e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Carré de cordeiro grelhado

  1. Pricila disse:

    Olá!
    Onde posso encontrar um bom carré de cordeiro em Florianópolis?
    Obrigada!

    • Gastão Cassel disse:

      Pricila, eu costumo encontrar na Botique da Carne (na Madre Benvenuta) ou no açougue mercado público.

Deixe uma resposta para Pricila Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s